31.5.06

Petrobras

Petrobras é acusada de sabotagem

O presidente da YPFB (a estatal boliviana de petróleo e gás), Jorge Alvarado, acusou a Petrobras de sabotar o fornecimento de combustíveis ao país vizinho. Além disso, ele afirmou também que a promessa do presidente Luiz Inácio Lula da Silva de conquistar a auto-suficiência em gás até 2008 é um “conto de fadas”. Além de possuir empresas para a exploração de gás na Bolívia, a Petrobras também tem refinarias que abastecem de combustíveis o país vizinho, inclusive com a importação de diesel. Segundo Alvarado, a empresa teria deixado de importar o combustível nos últimos dias. “Eu interpreto a atitude da Petrobras como um ato de sabotagem ao nosso país. Eu não posso entender isso de outra maneira”, disse.
O presidente da YPFB afirmou que o atraso do governo boliviano em efetivar os pagamentos à Petrobras pode ter levado a empresa a suspender as importações. Além disso, segundo ele a estatal brasileira já aguardou quatro meses para cobrar da Bolívia. Mas a Petrobras é a única empresa que suspendeu as importações de diesel, observou Alvarado.
O Tesouro da Bolívia informou ontem ter efetuado o pagamento de 25,2 milhões de pesos bolivianos (US$ 3,12 milhões) para as distribuidoras Copenac e Petrobras, visando a reduzir o preço do diesel importado nos postos de gasolina da Bolívia. O Tesouro já pagou 405 milhões de pesos em subsídios do diesel esse ano.
Consultada, a direção da Petrobras não quis falar sobre as declarações. A empresa, no entanto, não escondeu o mal-estar criado pelo governo boliviano com a decisão de nacionalizar as reservas de petróleo e gás do país vizinho, anunciada dia 1º. Além de ter de repassar o controle de suas empresas à Bolívia, a Petrobras também é pressionada a negociar um aumento do preço do gás fornecido ao Brasil. A empresa rejeita esse reajuste e ameaça acionar uma câmara internacional de arbitragem. As negociações ainda podem durar mais cinco meses.

AUTO-SUFICIÊNCIA A decisão boliviana deve aumentar os investimentos brasileiros na exploração de gás dentro do país. Segundo Lula, o Brasil pode se tornar auto-suficiente em gás até 2008. De acordo com o jornal Opinión, no entanto, a auto-suficiência brasileira seria um “conto de fadas”, segundo Alvarado. Para ele, o Brasil tenta assustar a Bolívia, de quem não deixará de depender para o abastecimento de gás.
Estado de Minas

Um comentário:

Anônimo disse...

Excellent, love it! video editing programs